Passo a Passo para Luminárias.



Confira o passo a passo



Meça o cano um pouco maior do que irá utilizar, 
pois caso o corte saia torto, você terá uma sobra 
para poder ajustá-lo. Corte o cano com o auxílio de
 uma serra manual ou compre-o já na medida de 30 cm.



Lixe-o com a lixa 180 para retirar os riscos e imperfeições,
 depois lave e seque para retirar o pó.






Prenda no cano com fita crepe, o desenho junto com o carbono. 
Transfira o desenho para o cano. 
Prefira o carbono para tecido, que sujará menos o cano. 

Muito importante antes de começar a cortar, 
utilize óculo de proteção e máscara para não inalar 
o pó e evitar que os farelos atinjam seus olhos. 
Se possível, adquira o chamado chicote, 
ou eixo flexível que é acoplado em sua minirretífica  
desta forma trabalhará com uma ferramenta bem mais leve. 


Instale a broca 1,0 mm em sua minirretífica
 ou no eixo flexível, conforme o caso, 
utilizando o mandril. Como a broca que iremos
 utilizar sofrerá uma grande pressão, 
eu costumo utilizá-la com parte da rosca de corte 
escondida dentro do mandril, veja na foto abaixo. 


OBS: Cuidado na colocação da broca para que ela 
tenha um giro uniforme e não fique desalinhada, 
senão o furo sairá maior do que a espessura desejada. 


Com a broca 1,0 mm e com a minirretífica em velocidade 3, 
ou velocidade em torno de 30% da capacidade 
máxima da ferramenta, comece fazendo o primeiro
 furo no desenho onde deseja fazer o corte, 
coloque um pouco de pressão sobre a 
ferramenta e comece a conduzi-la pelo desenho. 


OBS: Não force a broca, tente fazê-la deslizar
 pelo desenho respeitando a rotação da ferramenta. 
Cuidado para que os cortes nas asas das 
borboletas e flores não se toquem. 


Após cortar todo o desenho, utilize a lixa 180
 para retirar a maior parte das rebarbas, 
por fora e por dentro do cano. 
É também com esta lixa que irá
 retirar os riscos de carbono que ficaram. 

Depois de lixar, utilize uma escova de lavar roupas,
 sabão em pó e água para escovar a peça, 
isto ajudará na retirada dos farelos que ficam 
dentro dos cortes e furos. Caso tenha algum
 risco mais profundo, Bombril com 
sabão em pó também poderá ser usado. 
OBS: cuidado com as áreas mais frágeis para não forçá-las. 

Para ajudar a lixar os pequenos detalhes e 
alinhar os cortes tortos, utilize um 
estilete pequeno ou uma lixa de unha de metal. 

Modelagem da borboleta: 
Com a peças toda lixada, é o momento de modelar 
as asas das borboletas e as pétalas das flores. 
Aproxime a luminária de uma fonte de calor 
(chama do fogão ou soprador elétrico), 
com cuidado para não escurecer a peça. 
Se isto acontecer, lixe novamente após a peça esfriar. 
Faça a modelagem por partes, pois o cano esfria rápido. 
Como o PVC estará bem quente, utilize a mesma
 lixa de metal para levantar a asa das borboletas, 
posicione-as conforme desejado e aguarde até que o PVC esfrie. 
Proceda da mesma forma com as pétalas das flores. 


Base da Luminária: 
Corte dois pedaços de PVC medindo 2 x 3 cm. 
Com a ajuda de um alicate ou algo que consiga
 segurar o pedaço de PVC e aproximá-lo de
 uma fonte de calor, aqueça-o e
 dobre ao meio formando um (L). 


Para uma melhor fixação da tinta na base da
 luminária (plafonier), lixe-o antes de parafusar
 os dois pedaços de pvc na base. Se o material
 do plafonier for muito liso e brilhante, 
dificultará a aderência da tinta, neste caso
 use o selador para plástico, 
aplique uma fina camada, espere 
secar e lixe e limpe a superfície antes da pintura. 

Faça um furo em cada pedaço(L) de PVC e, 
utilizando o parafuso de 15 mm, prenda os dois
 pedaços de PVC na base. Conforme a altura
 do plafonier, o parafuso precisará ser cortado. 

Posicione o cano sobre o plafonier
 para definir onde ficarão os furos laterais. 
Utilizando uma broca da espessura do parafuso,
 faça o furo de uma vez só pegando o 
lado da luminária e o pedaço de cano (L). 
Com o auxílio do alicate de ponta e da
 chave Philips, prenda a luminária na base. 
Faça um furo na parte de trás do plafonier
 para a passagem da fiação
 (vide instalação elétrica passo 19º). 

Pintura: 
Para a pintura, o cano deve estar lixado, limpo e seco. 
Neste caso utilizei a tinta spray arts na cor lilás. 

Proteja as bordas internas da luminária com
 fita crepe, e use jornal dobrado para que a
 tinta não suje o soquete e as paredes internas da luminária. 
Passe a primeira camada bem fina em toda a peça, 
conforme a imagem abaixo. O spray deve 
ser aplicado de uma distância de 25 cm em
 movimentos horizontais e depois
 verticais, isso ajuda a tinta a não escorrer. 


Espere secar antes de lixar. Em média leva 
uma hora nos dias quentes, 
e duas horas para dias úmidos ou frios. 
Utilize a lixa 220 para lixar suavemente a
 peça entre as demãos de tinta. Lixe,
 limpe com pano úmido, aguarde secar
 e aplique a próxima demão de tinta. 


Repita o processo até completar 3 demãos
 ou até que a cobertura da peça fique uniforme. 

Acabamento: 
Meça a fita ou acabamento que utilizará 
em sua luminária e corte-o.
 Aplique cola branca extra forte do rótulo 
azul entre a base e o cano e fixe o acabamento.
 Caso não tenha o acabamento 
da mesma cor da peça, cole-o antes da pintura. 

Instalação elétrica: 
Utilizando o fio pronto para abajur e a chave philips, 
faça a instalação elétrica passando o fio pelo
 furo feito na parte de trás do plafonier.
 Parafuse o fio no soquete.
 Cuide para que os fios fiquem 
bem posicionados e firmes, evitando
 qualquer contato do fio descascado
 com as partes plásticas do plafonier. 


Casa de fantoches.


Estrutura da Casa de Fantoches de Cano de PVC


Usei quase 17 m de cano de PVC, medida 20 mm:
90 cm de largura (4x = 3,60m)
1,40cm de comprimento (5x = 7,00m)
Essa medida conto 5, pois fiz um apoio para o braço que manuseia o fantoche, o que também dá maior sustentabilidade à casinha.
1,50cm de altura atrás (2x = 3,00m)  
1,60 de altura na frente (2x =3,20m) 
Note nas fotos que fiz a parte de frente mais alta que a de trás, aí deu um caimento, como se fosse uma "meia água"

Para as conexões usei 12 "T" e 8 curvas ou joelhos

Aqui tentei tirar uma foto da casinha inteira, mas meu espaço era pequeno e não pegou toda ela, mas dá pra ter uma noção. Note na parte da frente o apoio que fiz para o braço que manuseia o fantoche:


 Com maior visibilidade, a parte de cima:


 A parte de baixo:

Base da casinha:

Detalhes da base da casinha. note o jogo que é feito com o "T" e o "joelho" nos cantos:



Parte de cima:

E aqui nesta primeira foto, a dica do meu "excelentíssimo marido" (aliás o mérito por esta casinha existir é todo dele: mediu, cortou, deu a idéia da "meia água" e a do apoio, e a que segue): escrever em cada cano que parte forma na casa. Assim na hora montar fica bem mais fácil. E na outra foto estão todos os canos separadinhos por parte, prontos para serem guardados.



Minhas siglas para identificar a qual parte pertence cada cano:
- As bases da largura (4)
BD - base direita
BE - base esquerda
CD - cima direito
CE - cima esquerdo
- Os pilares - altura (4)
PT - pilar traseiro (são 2 de 1,50cm cada)
PDC - pilar dianteiro central (é que sustenta o apoio - de 1m)
PDB - pilar dianteiro de baixo (pilares dianteiros laterais - emendam o apoio nas laterais de baixo - de 1m cada)
PDC - pilar dianteiro de cima (pilares dianteiro laterais - emendam o apoio nas laterais de cima - de 0,6cm cada)
- Comprimento (4)
B1 - base de baixo que vai na frente
B2 - base de baixo que vai atrás
B3 - base de cima que vai na frente
B4 - base de cima que vai atrás
- Apoio (2)
A - apoio para a mão que manuseia o fantoche.

Viveiro de PVC.



Luminária do Mario Bros - Passo a Passo.




Passo a passo da Ju Luminárias - http://casadaju-julia.blogspot.com.br


Passo a Passo das luminárias

1º - Escolha um cano de primeira linha, pois tive experiência com canos de segunda linha, mais flexíveis, a broca esquenta e não consegue cortar porque o PVC derrete com o calor. O de primeira linha é mais grosso e duro, esfarela quando se fura, esse sim dá certo. 
Com lixa de construção, lixe o cano para retirar as imperfeições e letras do cano.
 
2º - Escolha um desenho e passe com papel carbono para o cano.

3º - Muito importante antes de começar a cortar: Utilize óculo de proteção e máscara para não inalar o pó e nem ter perigo de machucar os olhos.

4º - Utilizando uma microrretífica Dremel 300 com broca 1,0 mm faça os cortes no pvc, lembrando que dependendo do desenho os cortes não podem se encontrar, a não ser que deseje que este seja vazado.
Para cortar é só fazer o primeiro furo e conduzir a broca pelo desenho.

5º - Com uma lixa de construção fina, retire os farelos que ficarão onde você cortou, por dentro e por fora do cano.

6º - A luminária pode ser pintada ou não, conforme a preferência. Se for pintar use tinta spray. Eu utilizo tinta spray da colorgin.

7º - A Base: 
Existem inúmeras formas de se fazer a base, o que se deve analisar é o tipo de luminária que está fazendo:

Para luminária de mesa (até 50 cm) já utilizei: 
  • 1) Base pronta em PVC (plafonier), este já vem com soquete embutido, pode ser encontrado em lojas de material de construção.
  • 2) Um retângulo de madeira parafusado internamente para instalação do soquete.
Nessas luminárias de mesa a troca da lâmpada é feita por cima, então a base pode ser fechada que não irá atrapalhar.

Para luminária de chão ou maiores que 50 cm:
  • Utilizo bases fechadas de madeira, com o cano parafusado nela. No caso, a troca da lâmpada será por baixo, retirando os dois parafusos laterais.

Já vi vários amigos artesãos que praticamente não utilizam base, mesmo na luminárias de chão.
Alguns trabalham a parte de baixo fazendo falsos pés, (como fiz na luminária Nossa Senhora Aparecida http://casadaju-julia.blogspot.com/2010/12/luminarias-em-pvc-nossa-senhora.html ) ou utilizando os chamados jacarés, ou tucanos, (que são aqueles suportes de metal para prateleiras de vidro). Os jacarés ou tucanos eu ainda não usei, mas tenho recomendações de outros artesãos que dá super certo.
 

8º - Faça a instalação elétrica, soquete de porcelana e fio para abajur com plug e interruptor já prontos. No caso do plafonier não precisará do soquete.

9º - Utilize lâmpadas frias (fluorescentes), ou se for usar as incandescentes, devem ser de no máximo 40 watts, pois pelo aquecimento elas podem escurecer o pvc.

Para furar eu utilizo a microretífica da Dremel com eixo flexível, a Dremel 300, com o mandril para segurar qualquer espessura de broca. Para os cortes utilizo a broca 1,0 mm. 

Espero ter ajudado.
Deus abençoe a todos.

Arte Braz no PVC Passo a Passo.


Pólens

Luminária de 40cm de altura, cano de 100mm.


Painel de Cano PVC - Faça Você Mesmo - Por Eduardo Mendes.


Sou fissurado em tecnologia mas admito que ainda não consegui 
me desapegar das
 fotografias impressas. Tudo bem que não imprimo tudo que fotografo
, mas sempre
 que dá procuro alguma máquina dessas selfservice e ponho minhas
 "chapas" 
no papel. O problema de imprimir fotos é que elas sempre vão parar em 
algum album e ficam por lá esquecidas, até um dia rolar um
 "Gugu na minha Casa" 
(ainda existe?) e ele acabar descobrindo suas imagens do passado. 
Hahaha

Piadinhas praça é nossa a parte, decidi juntar algumas fotos
 do último ano e usar na 
decoração do meu home office/quarto de visitas. 
Peguei a idéia de um leitor, misturei 
com umas inspirações lá do Pinterest e o resultado foi esse:

Pra fazer não tem segredo: é só medir na parede o tamanho que você
 quer e depois comprar 
cano, luvas de encaixetela de galinheiro e lacres
Primeiro você corta o cano em quatro partes. 

Em seguida junta essas quatro partes usando as luvas
 (ou joelhos). A sua moldura já está pronta. 
Agora é só pegar a tela e prender nas extremidades. 
Pra cortar no tamanho do painel você pode 
usar um alicate de corte ou uma tesoura das boas (foi isso que eu fiz).



Com a estrutura principal pronta, agora é moleza finalizar. 
Uma demão de tinta branca spray
 pra dar a base e depois é só usar uma tinta na sua cor preferida. 
Mais duas demãos e o painel
 já tá pronto pra você colocar suas fotos. Eu optei em usar só fotos 
preto e branco, nem precisa 
de dizer da fissura que eu ando na combinação de amarelo com
 tons de cinza né? Mas achei legal 
também porque tirou aquela cara de painel de cortiça todo colorido
 que a gente via na malhação 
dos anos 90.


Pra prender, eu usei mini pregadores que encontrei no xingling por 1,99. 
Os bichinhos
 eram rosa, mas nada que uma demão de tinta spray preta não resolva.
 Você também
 pode usar clips pra prender as fotos.  Agora é só colocá-las do jeito 
que achar melhor.
Também rola de pendurar lembranças de viagens, ingressos de shows, 
recadinhos de amor, 
contas pra pagar, etc..


Gosto bastante dessa pegada meio industrial na decoração. Um dia ainda faço 
uma parede de cimento queimado aqui, mas enquanto não rola vamos quebrando
 galho com o que dá né? 
Não deixe de visitar www.homensdcasa.net 
Por Eduardo Mendes.

LUMINÁRIA DE PVC - PASSO A PASSO - vilamulher.


Luminária de PVC passo a passo
foto: Jessica Moraes
Você sabia que com uma boa ferramenta é 
possível criar luminárias lindas para decoração da sua casa?
 Feitas com PVC ou até mesmo cabaça de semente, 
essas luminárias ganham destaque em qualquer ambiente. 
A Dremel, marca de ferramentas do Grupo Bosch, 
esteve presente na Mega Artesanal 2012 e a artesã Sueli
 Lovato mostrou como é simples utilizar 
a ferramenta na criação das luminárias.
Além da ferramenta utilizada no passo a passo a seguir,
 uma Dremel 3000 (com ponta EZ Twist, que facilita o manuseio), 
você também precisará de 1 pedaço de sobra de PVC com 
uns 10 cm de altura, ¼ de lixa, rolo de fita crepe, 
um soprador e duas brocas: uma de diâmetro maior e outra menor.
Confira o passo a passo e monte a sua também!Luminária de PVC passo a passo
Luminária de PVC passo a passo
Essa é a ferramenta da Dremel usada.
 O bico dela facilita o manuseio que evita 
você ter dificuldade no trabalho por causa 
do peso do aparelho. foto: Jessica Moraes Luminária de PVC passo a passo
Luminária de PVC passo a passo
desenhe numa tira de papel o que quiser.
Você irá cobrir o tubo de PVC com ele.  Luminária de PVC passo a passo
Luminária de PVC passo a passo
Prenda com fita crepe e em seguida pegue
a broca de tamanho maior para começar a furar. Luminária de PVC passo a passo
Luminária de PVC passo a passo
Coloque no aparelho. foto: Jessica Moraes Luminária de PVC passo a passo
Luminária de PVC passo a passo
Sobre o papel, comece a fazer furos sobre 
os traços desenhados, como na imagem. Luminária de PVC passo a passo
Luminária de PVC passo a passo
Vá fazendo esses furinhos por todo o desenho. 
Lembre-se de forrar o ambiente, pois sai bastante poeira.Luminária de PVC passo a passo
Luminária de PVC passo a passo
Na segunda parte, foi trocada a broca maior pela 
menor, para fazer o desenho da borboleta, que é mais elaborado. Luminária de PVC passo a passo
Luminária de PVC passo a passo
Na asa da borboleta não precisa furar, 
vá arrastando abroca para poder erguer a asa.Luminária de PVC passo a passo
Luminária de PVC passo a passo
Passe o sobrador, que o vento bem quente irá 
amolecer as asas da borboleta. 

Luminária de PVC passo a passo
Luminária de PVC passo a passo
Depois retire o papel e lixe bem o material, 
para tirar o pó e as rebarbas

Luminária de PVC passo a passo
Luminária de PVC passo a passo
Esse é o resultado final. Você pode pintar ou deixar como está. 

Luminária de PVC passo a passo
Luminária de PVC passo a passo Também 
pode tapar o fundo da base, com uma 
Caps,ideal para canos, que se pode encontrar 
em qualquer loja de materiais de hidráulica.

Luminária de PVC passo a passo
Luminária de PVC passo a passo Luminária, 
porta-vela ou até porta-trecos. O que você desejar!

Molduras, porta-retrato, quadros



Decorativos de pvc faça vc mesmo, fácil e barato!!!


Dias atrás coloquei forro pvc em minha casa e por acaso sobrou um bom pedaço daquelas molduras de pvc, e olhando bem para ela, se percebe que ela se parece muito com as tradicionais molduras de quadros, e porta retratos, daí veio a idéia de montar essa moldura em tamanho menor de maneira que pudesse acomodar bem uma tela de pintura, ou uma foto tamanho grande.

O resultado está ai, um belíssimo quadro decorativo, onde eu utilizo materiais que com certeza vc tem em casa e que também encontra em qualquer papelaria, pra isso vc vai precisar: cola quente,tesoura,fita métrica, arco de serra,folha fina de isopor ou papelão,esquadro,moldura de pvc (essa vc encontra nas lojas de ferragens ou estabelecimentos que vendem forro pvc), e uma imagem que vc encontra em qualquer loja de 1,35 ou de 1,50 e até de 1,99. pelo menos esse que eu fiz eu comprei de 1,99.



Veja passo a passo como fazer:

Primeiro compre nas lojas de 1,99 a tela que te agrada, pois é ela que vai nos dá a medida da moldura, eu comprei essa (figura 01), ela mede 1metro por 0,55 cm

figura 01

Depois corte a moldura de maneira que as pontas fique com esse acabamento nas pontas (figura 02) para este serviço, aconselho o uso de um esquadro( figura 03),depois certifique que elas irão casar perfeitamente (figura 04) ,neste caso , o esquadro vai ser de grande utilidade (figura 05).
obs: será interessante vc usar a própria tela pra fazer o corte da moldura, pelo menos assim não haverá erro,  ou,vc também pode recortar a tela pra acomodá-la na moldura com  uma tesoura vc faz isso sem problema.


figura 02

figura 03



figura 05

Recortada as quatro peças da moldura agora vamos colar usando a famosa cola quente, que como todos sabem , ela é feita a base de silicone, se preciso, peça ajuda a alguém para te auxiliar neste processo, eu achei interessante fazer cantoneiras feita com as  próprias sobras das molduras pra poder fixar as peças nos cantos. (figura06)


figura 06


Faça também 4 tiras com resto do pvc e cole a cantoneira e as tiras pra poder dar uma melhorada na fixação das peças. ( figura 07)

figura 07

Será interessante também se colocar uma tira em toda a extensão das moldura, sempre na parte detrás é claro, pra melhorar ainda mais a estrutura de nossa moldura, para que não corra o risco de abrir(.figura 08) .  
Depois veja o resultado final(.figura 09)

 figura 08
figura 09

Para finalizar essa etapa ,coloque no fundo da moldura, uma folha de papelão ou uma folha fina de isopor antes de colocar a nossa imagem (figura 10)


figura 10
Agora pegue a imagem e vamos acomodar ela na moldura, esta é a parte mais fácil. (figura 11 e 12)

figura 11


figura12

É isso ai!!! com pouco recurso e criatividade vc pode dar uma melhorada na decoração de sua casa,ou quem sabe presentear alguém ou de repente comercializar um quadro desse custa em média 45 reais.Fiquem com Deus !!!forte abraço..